COMO VENCER A PREGUIÇA

jesus-culture-come-away
 

A que estas frases remontam ou significam?
1. Fulano só vive medindo rua;
2. Ele vai empurrando com a barriga;
3. Ele tá doido para o mundo acabar em barrancos para ele morrer encostado;
4. Deixa a vida me levar, vida leva eu…

 Leia Comigo: Provérbio 6.6-11
Definição: A preguiça consiste na indisposição para fazer qualquer esforço, seja ele físico ou mental. A preguiça faz com que as pessoas se sintam incapazes de assumir responsabilidades ou reagir diante de estímulos, desafios e oportunidades.
Interessante:  Os três pilares da preguiça estão disposto da seguinte forma;
1. Ociosidade – Que é não fazer absolutamente nada.
2. Procrastinação – Que é sempre adiar a obrigação para depois.
3. A falta de atitude – Que é nunca tomar iniciativa ou nunca estar disposto a agir.
Aprenda como vencer a preguiça pelo exemplo da formiga – Provérbio 6.6-11.
1.    A exemplo da formiga, conscientize-se de que o que você precisa não é um comandante, mas um auto comando.
O texto diz que as formigas cumprem as suas obrigações mesmo não tendo aparentemente nenhum tipo de comandante ou liderança sobre elas. O que não se observa na vida de algumas pessoas, que mesmo sob os olhares dos seus chefes, ou marcação acirrada dos pais, ou mesmo do líderes, elas não conseguem cumprir as suas obrigações. Está sempre se esquivando do trabalho com moleza ou procrastinando: “empurrando com a barriga”. No verso 9, o sábio pergunta: Até quando você vai ficar nessa?
A palavra está sugerindo que aprendamos com a auto disciplina das formigas. Elas não têm um comandante, mas têm o comando de suas próprias vidas, elas controlam a si mesmas. Um líder, um chefe, ou qualquer outro tipo de supervisão não vai conseguir ajudar uma pessoa que não se auto disciplina.  Na verdade provérbio 10.26 diz que o preguiçoso traz muita tristeza e dificuldades para aqueles que o lideram.
Se você quer vencer a preguiça, a primeira coisa a fazer é se auto disciplinar. Não deixe que o enfado, o cansaço ou sono exagerado governe a sua vida. Comece tomando decisões que afetem a sua vida diariamente. Faça uma agenda diária com horário para acordar e atividade para executar e você verá que o sucesso virá como consequência.
2. A exemplo da formiga, conscientize-se de que se você não fizer a sua parte, outras pessoas serão sacrificadas.
O senso comum em uma colônia de formigas sugere que cada um faça a sua parte para que todos possam gozar dos benefícios. E o mesmo se aplica a qualquer outro tipo de comunidade, seja na escola, na família, no trabalho, ou na igreja.
Quando alguém por causa de indolência não cumpre a sua parte, outras pessoas serão sacrificadas. Por isso que a preguiça é pecado, por que ela é egoísta, só pensa nela, não está nem aí para o trabalho e o esforço dos outros.
Você quer vencer a preguiça? Então não abra mão de dar a sua contribuição onde quer que você vá. Há pessoas que são mortas de preguiça, vivem na ociosidade sugando dos colegas, dos irmãos, dos pais, da esposa (o) etc. Em 2 Tm 2.6 Paulo recomenda que aquele que trabalha na lavoura deve ser o primeiro a gozar dos frutos, entretanto, em Tessalonicenses 3.10, ele ordena; Aquele que não quer trabalhar, que também não coma.
3. A exemplo da formiga, conscientize-se de que o futuro é construído, não acontece por acaso.
Não é por acaso que Deus usa as formigas como  exemplo para exortar  o preguiçoso. De alguma forma ela sabe que tem que trabalhar e trabalhar muito hoje para construir um futuro estável e confortável.
Conforto é algo que o preguiçoso gosta, mas futuro é uma palavra que não existe em seu vocabulário. Provérbio 20.4, diz que o preguiçoso não planta na terra na estação própria, mas na época da colheita vai procurar os frutos, então não acha nada, é claro. É por isso, que o capítulo 19.15, diz que o fim do preguiçoso é passar fome.
No capítulo 13.4, diz o seguinte: “O preguiçoso deseja, deseja e nada consegue, mas os desejos do diligente são amplamente satisfeitos. A pessoa preguiçosa tem sonhos e desejos como qualquer outra pessoa, o problema é que os seus desejos não estão comprometidos com o trabalho.  O preguiçoso chega no futuro e não encontra nada construído, por que passou a vida na ociosidade.
Conclusão – Preguiça é o tipo de pecado que tem poder para prejudicar toda uma comunidade, uma sala de aula, uma célula, uma igreja, um grupo de trabalho ou de discipulado , uma seção profissional, uma família, mas o mais prejudicado é mesmo o preguiçoso. Se hoje o Senhor ministrou em sua vida, se arrependa, peça para ele te ajudar, tome o exemplo das formigas e VIDA NOVA!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 

 
 
previous next
X